domingo, 19 de abril de 2009

Federais terão quatro maneiras de usar novo Enem como vestibular, diz MEC

Federais terão quatro maneiras de usar novo Enem como vestibular, diz MEC

Simone Harnik*
Em São Paulo
*Atualizada às 18h49.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta sexta-feira (17) que as universidades federais terão quatro formas de utilizar o novo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como vestibular.


O MEC (Ministério da Educação) pretende defender a implantação da nova prova como fase única de seleção para as universidades. "Mas qualquer forma de participação é melhor do que nenhuma", disse Haddad em entrevista coletiva em Brasília.

O comitê que discute e elabora as diretrizes do novo Enem definiu que as quatro formas de participação das universidades serão as seguintes:

1- usar o Enem como prova única para a seleção de ingresso;
2- substituir apenas a primeira fase do vestibular pelo Enem;
3- combinar a nota do Enem com a nota do vestibular tradicional. Nesta modalidade, a universidade fica livre para decidir um percentual do Enem que será utilizado na média definitiva;
4- usar o Enem como fase única apenas para as vagas ociosas da universidade.

"Universidades que entendem que podem dar um passo mais ousado, darão. Por que vedar a participação por outra metodologia daquelas que não se sentem seguras para adotar o Enem como fase única? Seria autoritário e arbitrário da parte do MEC só aceitar participação na modalidade de fase única", disse Haddad.

Segundo o ministro, as instituições de ensino terão liberdade para escolher qual forma adotar e para sugerir outras aplicações do novo Enem no ingresso e na seleção de vestibulandos.

As universidades poderão, inclusive, utilizar mais de uma modalidade, dependendo do curso. Ou seja, será possível, por exemplo, adotar o novo Enem como fase única para cursos menos concorridos, e como primeira fase para graduações mais disputadas - que é o caso de medicina.

Haddad afirma que há reitores que temem que adotar o Enem no lugar do vestibular pode prejudicar a inclusão social. "O novo Enem é compatível com ações afirmativas", assegurou. Outros dirigentes de federais temem pelo rompimento da tradição do vestibular, acrescentou o ministro.

Haddad esteve reunido por mais de duas horas no comitê que organiza o novo Enem. Estiveram presentes reitores de federais, como Amaro Henrique Pessoa Lins, presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior).

O comitê definiu nessa sexta que o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) deverá participar da elaboração da nova prova - pois é responsável pela oferta do ensino médio no país. Sociedades científicas também serão convidadas a participar das discussões sobre o novo modelo de Enem.

Fonte: http://educacao.uol.com.br/ultnot/2009/04/17/ult105u7908.jhtm

32 comentários:

RENATA BRITTO disse...

Bom acho, que o enem é uma grande chance de dar oportunidades aos alunos, que tem menos condiçoes financeiras de fazer o vestibular.Mas acho que esse novo enem vai sempre ser previlégio dos filhinhos de papai,pois está bem mais preparado para ingressar numa faculdade,ou seja tomando o lugar da classe mais sofrida,quem não tem condiçoes de pagar uma universidade.O que realmente deve mudar é o ensino fundamental e médio,para que nós alunos de(escolas publicas e privadas)consigamos enfrentar qualquer seleção.


RENATA BRITTO
2G

pamela disse...

eu acho que esse ENEN novo é uma ótima oportunidade para os alunos de escolas publicas ingressar numa faculdade, mas os filinhos de papai tem sempre o seu previlégio de ingressar numa faculdade porque eles estudam numa escola particular, e os estudos deles são melhor daqueles que estudam numa escola publica. Bjs............
Pâmela,3ºC

Rafael de Lima disse...

Estou um pouco por fora desse assunto do Novo Enem. Na minha opnião deveria ser dado a oportunidade de fazer a prova do enem para ingressar na faculdade para os alunos de escolas públicas, pois pela lógica são os "menos favorecidos". Porém o vestibular normal deveria continuar, ou seja, um percentual das vagas vai para os aprovados na prova do enem, e um percentual para os aprovados no vestibular. Claro desde que o nível de dificuldade da prova do enem e o vestibular seja compatível.

Rafael de Lima, 3ºC

André de Paula. disse...

Querem mudar o ENEM,conseguiram,mas será que vai ser de igual para igual?Ou seja,o nível de dificuldade vai ser igual para todos,dependente de classe?É uma pergunta que fica no ar.

Aline disse...

Será que com a mundança do nivel vai ser igual para todas as clases, ou será,só uma fantasia facilitando quem tem mais dinheiro e o pobre sempre sem chance.

Aline Da Silva Grimmler.2ºf

Thathazinhah disse...

O novo ENEM será melhor para quem quer realmente entrar em uma faculdade, os alunos com mais condições com certeza tem bem mais chances de entrar na universidade por ter o ensino melhor do que um aluno de escola publica, por isso deve ser dadas mais chances para esses alunos.
Thais Botelho da Cunha 2g

karina disse...

eu acho que foi muito bom .eu gostei por que agora a chance aumentou muito mais para agente engressar na faculdade.acredito que a mudança nao vai ser muita, apenas as provas foram unificadas!

karina 2G

Felipe disse...

Eu acho que o ENEM era muito bom para as pessoas de baixa renda, que não tiveram um ótimo ensino fundamental e médio.Mas essa nova forma de ENEM, prejudica muito, os que realmente precisam e ajuda os que não precisam nem um pouco, que estudaram em ótimos colégio e tiveram ótimos professores a vida toda.É hora do governo pensar em quem realmente precisa né...

Felipe Dutra 2G

Stephanie Prietsch disse...

É, não sei se vai ser o melhor mudar o ENEM.
Acho que até deveria continuar, porque a prova do ENEM, é uma oportunidade de pessoas das escolas públicas fazerem, tirarem uma boa nota e ingressarem na faculdade!
E a prova do vestibular continuar de pé.
Acho que deveria ser uma igualdade de vagas para o dois lados!
Sendo as duas provas com a mesma dificuldade e ensino!

Jessica disse...

Na minha opinião se o enem for usado para o ingresso para a universidade não será uma boa idéia,pois a prova do enem é um pouco mais acessível do que as provas de vestibulares,principalmente para os alunos de baixa renda que estão saindo do ensino médio e não tiveram um ensino muito proveitoso no fundamental.As provas de vestibulares geralmente são mais rigorosas do que a prova do enem e se for substituída por ela será igualada com a prova de vestibular.
Jéssica Soares Porto

gabriel disse...

Pelo meu ponto de vista, usar o Enem para Cursos menos concorridos e usar o Vestibular para curos mais procurados seria uma boa,isso facilitaria a vida de pessoas que nao tem dinheiro para pagar um curso pré-vestibular, mas por outro lado acho que só o Enem como prova para ingressar em uma faculdade seria pouco.

jean disse...

o Enem eh uma oportunidade pra pessaos q nao tem muitas condiçoes de pagar um cursinhu eh se preparar pra um cursinho. Tem pessoas q nao precisam eh fazem enem eh tirao ah oportunidade de quem precisa.

Jean 2° F

priscila lemos disse...

Na minha opinião,o novo enem ajudará de certa forma os menos favorecidos, mas acho que a prova não deve ser usada como fase única, acredito que assim cada vez mais engressariam pessoas despreparadas para o nível superior. Ela tem ser usada junto com o vestibular tradicinal.

leticia disse...

Seja o enem do jeito que for nós alunos que queremos ingresar na faculdade devemos nos preparar e não ficar preocupado se vai ficar difícil, se temos força de vontade superamos qualquer obstaculo.Só espero que dependente de qual for a escolha deles,que ninguém desista de seguir o seu sonho.
LETICIA MACHADO 3C

jean disse...

Acho que se as faculdades que aderirem ao enem deveriam utiliza-lo como seleção e os aprovados fariam uma prova como processo seletivo para ingressarem na faculdade.
O enem como prova unica seria muito mais dificil(eu li em outro texto que a prova atual do enem tem 63 perguntas e a redação,com 4 horas de duração.Como prova unica seria 200 perguntas,a redação e teria de ser feita em 2 turnos).
Acho que seria mais desgastante para os alunos fazerem uma prova em 8 horas,no fim do dia ja estariam cansados.

jean disse...

Acho que se as faculdades que aderirem ao enem deveriam utiliza-lo como seleção e os aprovados fariam uma prova como processo seletivo para ingressarem na faculdade.
O enem como prova unica seria muito mais dificil(eu li em outro texto que a prova atual do enem tem 63 perguntas e a redação,com 4 horas de duração.Como prova unica seria 200 perguntas,a redação e teria de ser feita em 2 turnos).
Acho que seria mais desgastante para os alunos fazerem uma prova em 8 horas,no fim do dia ja estariam cansados.

sheila disse...

Acho que vai ficar cada vez mais difícil entrar na faculdade pois esta mudando a todo momento e a cada ano, vai chegar um momento em que os professores não saberam se esta preparando ou profissonalizando o aluno, a maioria das faculdades pensam quando ha uma mudança logo nas mensalidades que iram aumentar e não no conteúdo que será aplicado,pois isso é muito ruim,será essa a escola que queremos para mossos descendentes.

EDY disse...

NADA E FACIL NA VIDA PODEM MUDAR O QUIZER O QUE DEVE MUDAR E O NOSSO PENSAMENTO .
DEVEMOS ESFORÇARMOS MAIS EM BUSCA DOS NOSSOS OBJETIVOSE NÃO PENSAR A QEM VAI FAVORECER OU PREJUDICAR EDEN CAVALHEIRO3°C

Mariza Barboza T:3ºC disse...

Acho que o Enen não deveria ser usado como unica prova e sim como primeira fase ,pois ele seria de ambito nacional e a segunda fase regional,sendo que cada região os conteudos são diferentes e os alunos das escolas publicas estariam em desvantagem, pois quando as provas fossem aplicadas eles não estariam com todos os conteúdos vistos.

Bruno disse...

é acho que vai ser um bom modo de separar aqueles que querem realmente algo na faculdade daqueles que so querem bagunçar e farriar , mas acho que vai favorecer aqueles que tem dinheiro para fazer um curso preparatório.




BRUNO JACHSON MENDES 2°G

Anderson disse...

Esse novo enen vai ser uma oportunidade sim para alunos de escolas publicas, mas vai levar muito em concideração o ensino desses alunos.
O ensino de alunos de escolas particular e bem melhor que o dos alunos de escolas publicas ou seja eles são mais capacitados(PREPARADOS) a realizarem a prova.

Nome: Anderson
Turma:3 C

dariane disse...

dariane2;O nosso ensino nada e facil para nos alunos porem para conseguirmos passar de ano temos que estudar muito que nem no enem se não nos não passamos,mais o governo esta vendo com estas prova quem estas enteresado mesmo em fazer a faculdade.

Anônimo disse...

As mudanças desse novo processo seletivo, está sendo um pouco prejudicial aos vestibulandos de suas cidades, pelo fato de que a concorrência ficara maior e mais dificil de ingressar nas univercidades. E os pontos positivos dessa mudança é que teremos oportunidade de escolher outras faculdades e não se deslocar para realizar a prova, mais de uma alternativa de curso e que ela sera gratuita.Assim dando uma chance as pessoas que não tem condições de pagar a taxa de inscrição do vestibular.

Thais R. Cruz
3C

jennyh disse...

Na verdade, estou meio por fora de assuntos que se relacionam ao Enem, mas acho ótimo que estejam querendo melhorar sua aplicação. Pois isto dara mais oportunidade ás pessoas com dificuldades financeiras.
Jennifer soares
3° C

Elizangela disse...

acho que se a pessoa realmente quer entrar numa univercidade ela consegue com o enem o vestibular qualquer prova se realmente ela esta preparada.
elizangela 3c

dione disse...

O novo enen e bom porque vai ajudar as pessoas de baixa renda entra numa faculdade que escolher, mas so vai ficar mais concorrido e mais dificil em relação aos enens anteriores é uma oportunidade muito boa pena que nem todas as unvercidade não estam de acordo....
dione 3C

Bruninhah disse...

Eu não gostei do novo Enen por que o vestibular que seria em dezembro agora será em outubro fazendo os alunos que ainda estão cursando o 3º ano responderem a questões que ainda não foram vistas pois ainda não chegaram ao final do ano letivo e os alunos de cursinhos estão sem saber o que fazer pois os professores estão correndo com as matérias e eles acabam tendo aulas de reforço no turno inverso e nos finais de semana e eu acho que assim vai ficar mais difícil pois agora o vestibular é à nível nacional.
Bruna Garcia 2ºG

bruno disse...

Na minha opinião o novo enem vais dar chance pra quem tem uma renda mais alta que sempre estudo em escolas particulares.E essa mudança realmente vai prejudica as pessoas com renda baixa,que geralmente sempre são prejudicados.


Bruno Alves 2ºg

diuly disse...

Acredito que é uma nova oportunidade para as pessoas de menores condições,mas concertesa o novo ENEN irá favorecer os que tem mais dinheiro,por terem uma formaçãop melhor.

Ki disse...

Adorei essa nova maneira de ingressar na faculdade.
É mais chances pra todo mundo.
E concerteza vai ter resultados ótimos.

Jaqueline 2F

katis disse...

Como eu disse no texto anterior é muito bom a prova do Enem ser incluida até porque termos uma chance a mais em faculdades mais disputadas!
Muitas pessoas desistem de fazer faculdades como medicina e etc,mas agora talves tenhamos mais chances!

Katiucia Pires 2°f

Stael disse...

É dificil saber o que vai nos favorecer como alunos do ensino público, espero que eles decidão o melhor, pois já estamos em desvantagem em relação ao ensino particular.