segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Drogas: o perigo ronda as escolas

Drogas: o perigo ronda as escolas

19 de novembro de 2009

Por Marina Dias

(Foto: Getty Images)

"Já experimentei maconha, ecstasy, LSD e lança perfume, sempre em festas e na companhia de amigos. Na minha escola, entre os mais velhos, difícil é achar quem nunca usou nenhuma dessas coisas". A declaração é de uma garota de apenas 14 anos, que estuda em um colégio de classe média de São Paulo. Há ainda um dado a ser acrescentando na já preocupante relação entre jovens e drogas: a escola, local onde crianças e adolescentes passam a maior parte do tempo, vem se tornando a porta de entrada para o mundo da experimentação.

"É ali que os jovens aprendem a beijar e têm sua iniciação sexual, mas também pode ser ali o lugar onde eles terão o primeiro contato com as drogas", afirma Ronaldo Laranjeira, psiquiatra e coordenador da Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). "Geralmente, a experiência começa com drogas legais, como álcool, tabaco e cola de sapateiro. Em seguida, entram as drogas ilícitas e, entre essas, a maconha está em primeiro lugar quando se trata de ambiente escolar."

Não há números globais sobre a penetração das drogas na escolas brasileiras. Contudo, a impressão generalizada e os dados esparsos indicam que ela avança. "Pesquisas locais já apontavam para o uso precoce dessas substâncias", revela Paulina Vieira Duarte, titular da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad).

Aula anti-droga - O problema já bateu às portas da cúpula da educação pública no Brasil. Prova disso é que, no próximos dia 17, professores de todo o país encerrarão um curso de capacitação à distância para lidar com o assunto. A ação é uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC), a Universidade de Brasília (UnB) e a Senad.

O objetivo é formar profissionais capazes de abordar adolescentes já usuários de drogas e conscientizar aqueles que ainda não se envolveram com esse tipo de problema. Constam do treinamento também orientações sobre como lidar com uma constatação crescente: o consumo e eventualmente até o tráfico de drogas se dá dentro dos muros da escola.

O crescimento do números de profissionais treinados pelo MEC dá uma ideia da evolução desses problemas: em 2004, na primeira edição da capacitação, foram 5.000 educadores provenientes de mil escolas públicas do país. Neste ano, serão 25.000, de 4.658 unidades de todos os estados.

"A ainda há uma demanda reprimida de mais de 15.000 vagas", afirma Paulina, da Senad. "Precisamos preparar os professores para que eles saibam abordar o problema de drogas nas escolas, além de realizar o encaminhamento adequado para a rede de serviços de atenção a usuários e seus familiares".

De acordo com pesquisa realizada pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid) da Unifesp, 57% dos jovens entre 12 e 17 anos consideram que obter drogas em "qualquer momento" é "muito fácil". Em 2001, 48,3% já tinham ingerido álcool; três anos depois, eram 54,3%. O consumo de maconha também subiu: de 6,9%, em 2001, para 8,8% em 2005.


24 comentários:

RENATA BRITTO disse...

As drogas estam espalhadas por todo o lugar não só na escola,mas em casa nas ruas principalmente.Cada vez mais cedo os adolescentes comecem a fazer uso das drogas,e isso só vem crescendo a cada dia no brasil.Alguns por terem a cabeça muito fraca acabam sedendo ao "amigo" que insiste que você expremente,outros é por que são maria vai com as outras e varios outros tipos de caso.E as drogas não tem separação de classe como por ex:a é pobre não pois é rico,pobre e clsse média todos esses são usuarios.É uma pena mas quem exprementa, uma vez ,duas vez não para mais e cada vez vai aumentando o uso e fica continuo.
Quando vai se dar por conta,já está totalmente dependente da droga ai já é tarde,alguns conseguem sair outros não.Agora eu nunca expermentei já, me ofereceram e olha que isso já vaz anos eu tinha uns 13anos na época,pra ver só como essa droga já faz muito tempo que está ai em nosso rotina no dia a dia,então vamos se concentizar e passar para as outras pessoas que as façam pensar melhor antes de tomar qualquer atitude quanto as drogas e dizer droga nem pensar.
RENATA BRITTO 2G

Jean disse...

As drogas estão cada vez mais no nosso ambiente, tanto na escola como no nosso bairro ou em outro lugar qualquer que frequentamos.Cabe a nós adolescentes saber se queremos isso para nossa vida.
Claro que a participação dos pais para conscientizar os jovens é muito importante, mas a escolha de ter um futuro melhor sem dependência de drogas é nossa.

Jean Mendes 3ºC

Anderson disse...

Nome: ANDERSON LISBOA SANTOS
Turma; 3 C

Essas drogas estão espalhadas em todos os lugares, seja ele em festas, escolas e nas ruas principalmente. As pessoas deviam se orientar sobre esse assunto, não irem em conversas de amigos usuário dizendo que é bom etc....
O certo é a pessoa ter controle de si próprio não andando com pessoas que usam esse tipo substancia e outros tipos mais de drogas que estão ligadas em nosso dia a dia.
Uma delas é o CRACK uma droga devastora que logo da primeira vez que va pessoa use ela ja pode se viciar e os efeitos dela são muito perigoso. Na minha opinião as pessoas tem que ter controle de seus próprios atos sabendo o que é o certo ,e o que é errado.
Mas esta faltando muita informação na mídia, eles tem que mostrar o que realmente acontece com tais usuários mostrando cenas fortes de como a droga acaba com a vida da pessoa.

Jéssica Porto disse...

Hoje em dia as drogas fazem parte do cotidiano dos jovens,sejam eles usuários ou não,já que todos os dias nos deparamos com pessoas que usam ou vendem drogas.As drogas estão em toda parte sejam nas escolas,festas ou até mesmo dentro de nossas casas,quando alguém de nossa família faz uso.
Atualmente a única coisa que previne os jovens de entrarem nesse mundo é a orientação adequada de seus responsáveis,mostrando os perigos das drogas e os malefícios que acarretarão no futuro.Mas vai depender também do jovem de entrar ou não para esse mundo,porque muitas vezes o usuário teve uma estrutura familiar,com orientações alertando sobre o perigo das drogas e mesmo assim começam a usar.Então antes de experimentar qualquer droga vale pensar dez vezes antes de usar pois as drogas te levam para um caminho sem volta.
Jéssica Porto 3C

Rafael Lanzetta P. disse...

As drogas tem se espalhado pelo mundo todo, jovens só usam porque alguém lhes oferece, geralmente o amigo ou colega.
Sem muita idéia do tamanho do estrago que a droga faz no organismo o jovem começa a utilizar para andar em meio a seus amigos que também usam, assim ele pensa ser certo.
Com o passar do tempo, o organismo quer mais, e o pouco de antes já não o satisfaz esquece de todos compromissos até da família em busca de mais drogas achando que está ultrapassando fronteiras e etc..
Geralmente quem usa droga tem uma filosofia de vida muito diferente do normal, acreditam que o único destino certo é a morte, então não se preocupam com mais nada, sem perceber que estão encurtando a vida cada vez mais rápido, por isso muitos morrem pela praga chamado de "drogas", não use as drogas e USE a vida.

Rafael Lanzetta Pereira 3C

will torres 2° g noturno disse...

Infelizmente as drogas são um grande risco e,claro um enorme perigo para todos!!!
Nas escolas a cada dia elas estão sendo mais frequentes.
Os aluno estão saindo das salas de aulas para ir pra o mundo do crime e do tráfico.
Depois de começar a usar não parao mais e, querem sempre mais.
Mesmo nos dias de hoje que á informação está no alcançe de todos, mesmo assim as pessoas caim nas histórias dos colegas de aula.
Até quando tere-mos que aguentar esse tipo de abuso e derrespeito contra as escolas.
Vamos dar um jeito de evitar isso antes que seja tarde demais e depois não tenha jeito de evitar e ate controlar mais tarde.
Há unica solução é não usar as drogas de forma alguma.
Nunca,nuca,nunca.....
WILLIAM I. TORRES 2° G DO NOTURNO

ALISON disse...

Alison 2f

Infelizmente cada vez mais cedo alguns jovens estão entrando para o mundo das DROGAS,isto é muito ruim,pois o jovem na maioria das vezes é evitado pelos amigo e principalmente pela família.Assim se sentindo desmoralizado por todos o jovem não pensa em mais nada,só pensa em curtir a maldita DROGA.
Pense melhor não use droga viva a vida!

pkatiucia disse...

Acho que hoje em dia as crianças usarem drogas ja é muito comum vemos isso em qualquer esquina.
Sempre o início é com drogas lícitas alcool,cigarro e talz,depois vai passando pela maconha e quando o corpo não acha mais tanta graça naquilo passa para drogas mais pesadas.
O pesadelo do século é a pedra mas e quem garante que não aparecerá uma mais forte?
Acho que as escolas teriam que se atualizar e começar dar aulas de educação sexual e de combate ao consumo de drogas.Talvez mostrando o que pode acontecer as pessoas se tocam e pelo menos diminuem o consumo !

Katiucia Pires 2°f

samantha16 disse...

Samantha 2f
Eu acho que as escola é o principal ponto de encontro de jovens, e são nestes lugares que a droga é utilizada,os jovens de hoje estam a procura de diverção e é pensando nisso que encontram as drogas como uma forma fulga da realidade, pois pensam que ao usa-la vão esquecer seus problemas e angustias.É claro que a droga pode diminuir mas isso só depende de cada um,eu mesma nunca espermentei porque sei que entrar nessa onda não é nada bom e pode ter certeza que não me fara falta alguma.
DE VALOR A SUA VIDA
DIGA NÃO AS DROGAS!!!!!!v

katis disse...

Acho que as vezes nem é questão de ser pessimista mas sim realista porque vemos que não tem jeito mesmo,mas duvido que uma pessoa que ainda tem esperança de um final feliz,por mais que diga que acha que não no pensamento ela sabe que sim mas não quer se jogar demais e talvez por medo de seus planos não serem tão perfeitos .
Mas certo que o pessimismo não leva ninguém a frente porque você é o que você e pensa e a forma com que você toma suas decisões!
Mas vamos pensar positivo e por mais se der errado sempre tem algo bom pela frente!
Katiucia Pires

leticia machado disse...

As drogas estão em toda parte, temos é que saber lidar com elas.Acho que para controlar isso, dentro das escolas deveria ter algumas precauções,punição para quem fosse pego vendendo ou consumindo algum tipo de droga,palestras,depoimentos de quem já viveu com drogas, que na minha opinião ajuda muito,mas isso não basta se não houver a conscientização do próprio adolescente ou dos pais do mesmo.A escola é lugar para aprender então seja esperto e não use drogas,nem dentro nem fora da escola.
LETICIA MACHADO 3C

Bruna disse...

As drogas dentro das escolas é cada vez mais visiveis, elas estão em toda a parte e quem usa ou quem vende nem faz mais questão de esconder pois já sabem que não vai dar nada,acho que a solução para isso é punir quem fizer esse tipo de coisa mas punir pra valer pois além de estar fazendo mal pra si mesmo está servindo de mal exemplo para crianças menores. Tá na cabeça de cada um se informar bem sobre esse assunto e de maneira nenhuma entrar nessa para isso tem que ter a mente bem aberta para não se deixar levar pelo caminho errado e achar que como foi o melhor amigo que ofereceu vale a pena porque nem sempre o perigo vem de um desconhecido.Bruna Vahl 3c.

claitonjeske_ disse...

As drogas estão ai, mas as drogas nas escolas são as piores porque quanto mais drogas mais gente pra usa-las. As crianças correm o perigo de usar essa droga, porque as pessoas que vendem a droga não querem nem saber para quem vendem e sim do dinheiro que ela os vai dar.
Na escola as coisas estão ficando cada vez piores pois até na escola estão usando essa droga.
Eu acho que o governo deveria tomar uma providencia sobre isso pois se essa droga é proibida devia ter mais segurança para tal em todo o brasil.

Jaqueline Meireles 2 F disse...

As drogas são sim um perigo para toda a sociedade, estão presente nas escolas, ruas em festas, todos os lugares. O grande problema é que a droga está chegando cada vez mais cedo nas mãos dos e jovens e crianças, tão cedo que as vezes por não ter noção do estão experimentando e do mal que faz, acabam fazendo uso continuo até que se vire um vício.
Acho que o uso de drogas pode ser principalmente prevenido dentro de casa, jovens e crianças que tem uma boa base familiar não se envolvem tão facilmente com o "mundo das drogas".

dariane disse...

DARIANE2F;As drogas estão por todo lugar não só nas escolas é no baile na saida nas esquina,em qualquer lugar nós podemos imaginar.Mas agora no Brasil já esta tendo uma clinica para tratar os es viciados.Mas do que adianta ter os recurso que alguns nem se quer vão se fazer o tratamento.Estamos ficando com medo até de sair de casa para passear,pois não temos muita segurança na rua.

Bruno jachson mendes disse...

Eu acho que a questão das drogas na escola
é uma falha na fiscalização da própria escola , tem que ser severamente punida ,
com a retirada dos alunos ou pessoas que vendem para os alunos .sim pois além de se preucupar com os alunos os diretores tem que cuidar os vagabundos que rondam a escola , para esses nada mais justo que a prisão.

mariza barboza disse...

Acho que temos que repensar nossos conceitos,e sabermos escolher o que é bom e o que eu não posso nem experimentar pois corro o risco de ficar dependente.
Por mais que tentamos não querer ver as drogas estão em todo lugar e nos é oferecido como algo comum que faz parte do dia a dia.
Como lidar com este problema que afeta a humanidade é difícil de responder,pois não sabemos o que é que cada pessoa quer para sua vida.
Mariza Barboza 3c

dione disse...

As drogas não estão só nas escolas,mas em todos os lugares onde os jovens estão.
As drogas chegam na escola através dos alunos que experimentam nas ruas e trazem para a escola e oferece para seus amigos
diz que não vicia mas acaba viciado.
O diretor não tem como descobrir que tem drogas na escola,só a consciência dos alunos em denunciar.
dione freitas 3C

karina disse...

Acho que realmente as drogas estão por toda parte,em grande maioria dentro da propria escola!mas não é fácil combate-lá pois a cada dia que passa mais jovens acabam entrando dentro dessa roubada!eles sabem tudo que é falado em palestras,televisão,etc.mas parece que não influencia em suas vidas.
Acho que apenas convivendo com o problema de perto para ver como é triste.tendo contato direto com o assunto acaba atingindo mais o pensar das pessoas!
karina 2G

Felipe Dutra disse...

As drogas são algo muito preocupante mesmo nos dias de hoje, porque são muito fácil de conseguir.Mas é muito difícil de controlar isso em uma escola, ainda mais escolas grandes, com mil alunos as vezes, como fazer? controlar algo assim?
Acho que a base é em casa, porque sempre as pessoas que se envolve com drogas, principalmente jovens, tem problemas em casa, ou por se sentir carente, ou por não receber carinho dos pais, ou por ser pais serem ausente, ou até mesmo por nunca ter recebido um não de seus pais.
Acho que o problema é as familias. Famílias restauradas, paz no mundo, fim das drogas.Alguem com uma boa base familias não se envolve com drogas, nem com manipulação dos amigos.

Felipe Dutra 2G

Rosiane disse...

É as drogas estão cada vez mais em nosso cotidiano e infelizmente para muitos até como algo normal, comum nos dias de hoje.
E nas escolas, essas drogas cada vez mais freqüentes entre jovens.
Nos dias de hoje, temos vários recursos com informações sobre as drogas e todos os malefícios que ela proporciona na vida. Acho que para melhorar nunca é demais, por isso deveriam ter mais palestras nas escolas, para o não consumo é claro.
Se não isso vai se tornar algo sem solução e infelizmente comum mesmo.

Rosiane Santana 2ºF

luciana souza da costa disse...

Não há dúvidas que as drogas estão frequentando muito do que os alunos.
Não podemos culpar nem os alunos porque os diretores não controlam isso. E também não podemos culpar os professores pois não há como controlar todos os alunos. N a verdade não há como acabar com essa realidade, trite mas uma realidade.As drogas estão em todo o lugar.

mikael fernandes sousa rodrigues disse...

Particularmente,acredito eu, quem usa drogas não é uma pessoa normal,simplismente está fora de si angustiado, sozinho, e desamparado dos pais. Na maioria das vezes o que leva o adolescente a ingerir bebidas alcólicas e até mesmo "alto se drogar", são os problemas de casa que acaba levando para a rua mesmo sem querer, e é isso que faz subir o indice de mortalidade devido ao excesso de dogas.

Tharcya disse...

Eu estou fazendo uma redação sobre drogas e adorei as dicas e os conselhos!